Espaço Mira
Mira Forum
Carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

Prémio Estação Imagem 2017

17 Jun, 201729 Jul, 2017

Grande prémio com “RIO DE JANEIRO – O CUSTO HUMANO DOS GRANDES EVENTOS DESPORTIVOS” de João Pina.
Prémio Fotografia do Ano: “INCÊNDIO” de Felipe Carnotto.
Menção Honrosa Fotografia do Ano: “O Suicídio dos Refugiados” de Gabriel Tizón.
Prémio Noroeste Peninsular: ” A EMOCIÓN DA CHEGADA” de Xoán A. Soler
Prémio Notícias: “MAMA SUMAE” de Tiago Mirada
Menção Honrosa Notícias: “A CAMPANHA DOS AFECTOS” de José Carlos Carvalho
Prémio Assuntos Contemporâneos: “6 DE MAIO” de Ana Brígida
Prémio Vida Quotidiana: “ARQUIPÉLAGO” de João Ferreira
Prémio Artes e Espetáculos: “DO OUTRO LADO” de Paulo Pimenta
Menção Honrosa Artes e Espetáculos: “O RIO” de Artur Machado
Prémio Ambiente: “BINÓCULOS NA SAVANA” de Ana Brígida
Menção Honrosa Ambiente: “INFERNO” de Gonçalo Delgado
Prémio Série Retratos: “DOPO ROMA (DEPOIS DE ROMA)” de Jesús Madriñán
Prémio Desporto: “CORRIDA DE CAVALOS É UMA ROLETA ANIMADA” de Octávio Passos
Exposição patente até 29 de julho 2017.
O prémio de fotojornalismo ESTAÇÃO IMAGEM é único no género em Portugal, estando aberto à participação de fotojornalistas portugueses, dos PALOP e da Galiza, bem como aos estrangeiros residentes nestes territórios. Realiza-se consecutivamente há oito anos, os três últimos tendo como palco a cidade de Viana do Castelo, com o apoio da respectiva Câmara Municipal e o empenho activo do seu presidente, José Maria Costa. Para a escolha do prémio ESTAÇÃO IMAGEM 2017 Viana do Castelo, da Fotografia do Ano, dos premiados nas sete categorias e atribuição da bolsa Alto Minho, o júri internacional avaliou cerca de 380 reportagens realizadas por mais de centena e meia de profissionais, não só de Portugal e da Galiza mas também brasileiros, moçambicanos, italianos e belgas. A ESTAÇÃO IMAGEM destaca o envolvimento da quase totalidade da comunidade de fotojornalistas a trabalhar em Portugal.
O júri do prémio ESTAÇÃO IMAGEM 2017 foi presidido por Francis Khon, director de fotografia da AFP, e integrava ainda Bénédicte Kurzen, da Agência Noor, Tyler Hicks, do The New York Times, e Andrei Polikanov, da revista russa Takie Dela.
A par da importância de um prémio dedicado ao fotojornalismo, o júri destacou os trabalhos apresentados a concurso: «De grande qualidade e ao nível do melhor que se faz em todo o mundo. Bons trabalhos e que mostram que não é preciso correr mundo para se fazer o grande fotojornalismo», disse Francis Khon. A par das reuniões, da cerimónia de entrega de prémios e da conferência dos elementos do júri, a cidade pode desfrutar da programação. Seis grandes exposições em vários pontos de Viana do Castelo com trabalhos de reconhecidos fotógrafos da cena mundial, a projecção em estreia nacional das fotos vencedoras dos prémios World Press Photo 2017, e uma conferência com o director-geral do World Press Photo, Lars Boering.

Rua de Miraflor, 155,
4300-334 Campanhã, Porto

terça a sábado,
15:00 às 19:00


miraforum@miragalerias.net
929 113 431 / 929 145 191