Mira Forum
Espaço Mira

Encontros com Álvaro Lapa

Encontros com Álvaro Lapa

 

Encontro artificial, inútil; um grande incómodo Lapa detestava a vida pública; escrevia, desenhava e pintava pela sua saúde. Era mais do que um lenitivo, fazia parte da metodologia do inadaptado: uma coisa para si próprio, essa visão da realidade vale a outra, e a outra, e a outra – o espectáculo dos olhos, dos pénis, dos ruídos, substituem os dos campos, se tos negam – vaya adentro, en el próprio íntimo y muy personal descubrimiento – hay que evadirse, vaya!– [Álvaro Lapa , Raso Como o Chão]

É difícil viver num mundo que não tem nada de bom nem de bonito.

O Porto é a prisão possível. Antes de lá chegar já fora Abdul Varetti o escritor falhado, eremita numa cabana em Lagos a bordar profecias em lonas amarradas a ferros, pescador travestido – sereia que abandona o rabo de peixe e se perde em terra. Nunca se é da terra em que se nasce. A madrinha tinha um projecto para ele; havia de arrepender-se.

…intelectualmente desertor: recuo instintivo ante a forma, quem quer que a imponha, a sugira. A talvez nobre arte da retirada [Alvaro Lapa, Lagos 15/04/1973]

Ironia do destino, depois dos excessos beatnik, das viagens, do internamento psiquiátrico, chegou a professor.

Os alunos das Belas-Artes não entendiam o que dizia, mas voltavam. Corda tensa; lia e pensava em voz alta. Silêncio. Voltava todas as semanas, lugar artificial, inútil pedagogia das grelhas e dos objectivos: A grelha é a do cárcere, escreveu, pintou e desenhou-as, também dizia-o aos alunos. Tudo era descontínuo, fragmentado, tudo implicava todo o ser: não há um Lapa pintor, um que escrevia e outro professor. As aulas não tinham a função habitual de comunicação: não transmitiam pensamentos já constituídos e claros; não havia sequências lógicas, na escrita também não. Trata-se de palavras, mas também de um corpo ambíguo, com muito sentidos, entrecortado. A metodologia do pedagogo inadaptado: era chegar ao pensamento imprevisível através da repetição. Há que evadir-se.

Os estudantes voltavam, voltavam sempre: eram as manhãs do fim.

Um anarquismo integral, de produção natural, será a forma que se antevê, irá ser escolhida pela humanidade emancipada. Abdul Varetti

Eglantina Monteiro